quarta-feira, 6 de julho de 2011

Famílias das vítimas da tragédia em Realengo recebem doação de Adriano

ADRIANO, JOGADOR DO TIMÃO DOA PRESENTE PARA AS MÃES DAS CRIANÇAS MORTAS NA TRAGÉDIA DA ESCOLA TASSO DA SILVEIRA. 

O GESTO NOBRE DO JOGADOR FOI PELO DIA DAS MÃES. 

 Equipe do 'Esporte Espetacular' levou R$ 50 mil para os familiares das 12 crianças mortas no tiroteio na Escola Municipal Tasso da Silveira, em abril.

 

Por Michel Siqueira e Raphael Andriolo Rio de Janeiro


No dia 7 de abril, Wellington Menezes de Oliveira entrou na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro, atirou contra os estudantes e depois se matou. Doze crianças morreram no ataque - dez meninas e dois meninos. Homenagens não faltaram no mundo do futebol. O atacante do Flamengo Ronaldinho Gaúcho visitou as vítimas, e o time do Corinthians entrou em campo com o nome das crianças assassinadas escritos nas camisas.
Um mês depois da tragédia, no Dia das Mães, o "Esporte Espetacular" levou alguns familiares das vítimas para conhecer os jogadores do Corinthians e do Santos. Nascido no Rio de Janeiro e criado na comunidade da Vila Cruzeiro, o atacante Adriano foi o encarregado de receber as mães. Na ocasião, ele passou força e se colocou à disposição para ajudar no que fosse necessário.
Dito e feito. Adriano doou R$ 50 mil e pediu à produção do "Esporte Espetacular" que entregasse a ajuda. Na última segunda-feira, dia 27 de junho, a equipe do programa foi até Realengo e foi recebida com festa pelos membros da "Associação dos Familiares e Amigos dos Anjos de Realengo". Cada uma das 12 famílias recebeu um cheque.
Em agradecimento, os familiares mandaram de presente uma carta de agradecimento ao Imperador e uma camisa da associação com a foto das 12 crianças mortas em Realengo (Luiza, Karine, Larissa, Rafael, Samira, Mariana, Ana Carolina, Bianca, Géssica, Laryssa, Milena e Igor).
entrega do cheque Adriano para as mães de Realengo (Foto: Raphael Andriolo / GLOBOESPORTE.COM) 
Familiares das vítimas da tragédia recebem doação de Adriano (Foto:Raphael Andriolo/Globoesporte.com)

Um comentário:

  1. Gente amanhã irá completar 04 meses que um maníaco , psicopata ,assassino ,não sei como defini esse monstro que tirou a vida da minha sobrinha(LUIZA PAULA)e de mais 11 crianças.Apesar de completar 04 meses a dor é a mesma da do dia que aconteceu,a mesma não é pior pois a cada dia temos a certeza que o que estamos vivendo não é um pesadelo e sim uma dura realidade e que eles não irão voltar. Quando percebo que nunca mais vou receber um abraço, vou ver um sorriso da minha sobrinha e nem ouvi-lá falar : Tia Eu te Amo , tenho a vontade de sumir pois a dor que sinto é tão forte que me destrói.
    Por isso peço a todos que não esqueça essa fatalidade e lute para que isso não venha atingir outras famílias, pois a dor que expresso é infinita.
    A luta continua , eles não teremos de volta(Dura realidade saber que não terei mais minha princesa de volta), mas as crianças que Graças a Deus sobreviveram estão na luta para poder ter uma vida saudável e poder recuperar a infância roubada por esse monstro, pois muitas dessas crianças que foram vítimas ,mas sobreviveram perdem a sua manhã, tarde e noite de lazer para se tratarem das sequela deixadas por eles,sequelas essas não só físicas mas sim mentais ,pois não é fácil passar pelo que elas passaram e preseciaram
    Por isso peço o seu apoio pela nossa luta, para que possamos dá mais segurança as crianças(seus, nossos filhos, sobrinhos)nas escolas.
    Lute conosco para que outras famílias não sofram o que nós famíliares das vítimas da Escola Tasso da Silveira estamos sofrendo

    ResponderExcluir